18 de junho de 2024 - 01:51

Esporte

25/01/2024 10:23

Mbappé decide assinar com o Real Madrid para a próxima temporada, diz jornal

Pode ter chegado ao fim uma das novelas mais longas desta (e de outras) janela de transferências no futebol europeu. Isso porque o francês Kylian Mbappé tomou a decisão de não renovar seu contrato (que dura até 30 de junho deste ano) com o PSG, seu atual clube, e acertar com o Real Madrid, clube pelo qual receberá cerca de 70 milhões de euros por ano de salário mais outros 125 milhões por "bônus de assinatura do contrato".

As informações são do jornal alemão Bild, apontando, também, que, entre esses valores, está agregado uma parte destinada à mãe do jogador, como forma de comissão, uma vez que ela quem está à frente das negociações. O novo contrato teria duração de cinco anos com o time espanhol.

 Ainda segundo a publicação, o Liverpool também chegou a mostrar interesse pelo jogador, mas desistiu das negociações quando soube do patamar dos valores envolvidos para fechar negócio. Esses valores de salário, inclusive, podem ser um empecilho para concluir o acordo entre espanhóis e Mbappé, uma vez que eles devem superar os limites impostos pelo "fair play financeiro" praticado no futebol espanhol.

Ainda segundo o Bild, como resposta, o PSG pode oferecer um salário anual de 100 milhões de euros na tentativa de não perder de graça sua maior estrela. Além disso, o clube teria o intuito de dar a Mbappé "o direito de ter uma palavra a dizer em decisões importantes do clube", até mesmo em casos de "mudança de treinador".

O futuro de Mbappé tem sido marcado por aparições públicas dos protagonistas, notícias contraditórias e um turbilhão de rumores parecido com a última janela de transferência. Tudo começou no dia 3 de janeiro, quando o PSG foi campeão da Supercopa da França e o jogador foi questionado a respeito de seu futuro.

Mbappé, no entanto, afirmou que “ainda não tinha tomado uma decisão”, mas garantiu que possui um acordo com o PSG para que ambas as partes estejam protegias nas negociações. Dias depois, o jornal inglês The Times garantiu que o Real Madrid não está sozinho na disputa por Mbappé. Segundo a publicação, o atacante quer explorar outras possibilidades, tanto esportivas quanto financeiras, já que o salário oferecido pelo time espanhol é inferior ao que ele recebe atualmente no PSG e o Liverpool aparece como candidato.

Ao mesmo tempo, o site francês Footmercato noticiou que o camisa 7 do PSG havia chegado a um acordo com o Real Madrid, mas a emissora RMC Sport confirmou que a comitiva de Mbappé negou qualquer tipo de acordo com o clube espanhol neste primeiro momento. O estafe do atacante alegou que “não houve nenhum tipo de negociação sobre o seu futuro”.

A rádio também frisou que o PSG garante não ter informações de nenhum tipo de decisão tomada pelo jogador — seja quanto a uma saída do clube ou mesmo na direção da renovação contratual. Para não perder Mbappé de graça no meio do ano, o time de Paris precisa renovar seu contrato ou até mesmo negociá-lo nesta janela de transferências, em janeiro.

O presidente do Paris Saint-Germain, Nasser Al-Khelaifi, havia sido o último a falar sobre o assunto, na semana passada, quando contou que tem um acordo com Mbappé. O dirigente também deu a entender que não teme perder o jogador e se mostra tranquilo em relação à sua permanência.

 — Kylian é um grande homem, um grande jogador, mas também uma grande pessoa. Não quero falar de dinheiro e dizer quanto vale. Temos um "acordo de cavalheiros", não é uma questão de dinheiro. É mais do que um acordo assinado. Falam muito do Kylian, temos que deixá-lo em paz — disse Al-Khelaifi à rádio francesa RMC.

 O PSG, diferentemente do que aconteceu no meio do ano passado, quis manter a compostura e não fala abertamente sobre o futuro do atacante. Contudo, há total otimismo para que o jogador de 24 anos assine um acordo de renovação, embora nenhum dirigente do clube francês queira pressioná-lo para isso.


Plantão

(66)98408-0740

Copyright  - O Interior News - Todos os direitos reservados